Educação vai abrir consulta pública do modelo cívico-militar para mais 28 colégios 24/02/2024 - 11:59

Após a realização da consulta pública (nos dias 28 e 29 de novembro) que definiu a adesão de mais 83 escolas do Paraná ao modelo cívico-militar – o colégio de Dois Vizinhos que teve a votação adiada também aprovou a mudança –, a Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR) lançou editais complementares que possibilitarão a adesão de mais escolas ao modelo. Dois documentos com 25 unidades já foram publicados e na segunda-feira (4) será oficializado o último edital com três outras escolas. 

 

As consultas foram elaboradas com base no interesse das comunidades civis e escolares, que já haviam manifestado, anteriormente, solicitação à adoção do modelo educacional.

 

As escolas de Arapongas, Campo Magro, Almirante Tamandaré, Rondon, Curitiba, Salto do Lontra, Guarapuava, Manoel Ribas, São Pedro do Ivaí, Diamante do Sul, Londrina, Santa Fé, Paranaguá, Alto Paraná, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Imbaú, Santa Helena e Toledo farão as votações nos dias 14, 15 e 18 de dezembro. Já em Serranópolis do Iguaçu e Terra Rica, o pleito está agendado para os dias 11, 12 e 13 de dezembro.

 

As escolas do edital de segunda-feira ficam nos municípios de Piraquara, Terra Boa e Foz do Iguaçu. As votações estão previstas para os dias 15, 18 e 19 de dezembro.

 

A consulta repete os moldes da primeira votação e envolve apenas escolas estaduais de ensino regular (6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio). Se aprovada, a mudança ocorre já a partir do ano letivo de 2024. O resultado deve ser divulgado logo após as votações.

 

Podem participar professores, funcionários e pais de alunos matriculados nas instituições. Estudantes maiores de 16 anos também participam do pleito e, para votar, é necessário levar documento pessoal com foto. Os responsáveis terão direito a um voto por filho menor de idade matriculado na escola.

 

Colégios agrícolas do Paraná recebem drones, tablets e equipamentos tecnológicos

Secretaria da Educação ajuda a inserir 18 jovens de cursos técnicos em empresa global

 

“Na primeira consulta realizada neste ano, 83 escolas aderiram ao modelo. Compreendendo a importância da participação de todas as instituições no processo de transição, foi aberta uma nova oportunidade para outras escolas que já tinham manifestado interesse prévio de também alcançarem tal possibilidade. Agora, elas têm a chance de aderir ao modelo”, afirma o secretário de Estado da Educação, Roni Miranda.

 

Modelo educacional que combina elementos da gestão civil com a presença de profissionais militares da reserva (inativos) na administração e na rotina escolar, a escola cívico-militar integra práticas e valores com os princípios educacionais, visando promover um ambiente escolar mais cívico e voltado para o desenvolvimento integral dos alunos. As escolas cívico-militares foram instituídas no Paraná em 2020.

 

As escolas cívico-militares foram instituídas no Paraná em 2020. Atualmente são 194 colégios nesta modalidade e 12 do modelo do programa nacional que serão incorporadas pelo Estado em 2024. Com as novas unidades, serão 289 colégios nessa modalidade no próximo ano. E com a nova consulta o número pode passar de 300.